quinta-feira, julho 31, 2008

Protagonismo, protagonismo, protagonismo...

Cavaco podia ter-se demitido e deixar-se de dramatismos de pacotilha.
Dramas de novela mexicana.
Birras de virgem.
Fica na história como o presidente que concorre com o pastor.
Queiram os deuses que da próxima vez alguém o leve a sério quando o lobo aparecer ao rebanho.

http://jumento.blogspot.com/

Quero aqui manifestar o meu apoio e solidariedade pura e simples ao autor do Jumento onde tantas vezes me esclareceu uma dúvida, me fez desatar a rir, nos observa de perto, nos apresenta o óbvio que andava arredado, e que agora mercê da mais estúpida das tentativas, uns quantos inclassificáveis, têm a pretenção de tentar silenciar.
Ainda por cima com argumentos ligados à sua amoralidade ou coisa do género.
Dois apontamentos:
- Que a ideia de que se pode tapar o sol das ideias com censura, sendo em si própria um atestado de idiotice em estado puro, não era novidade...
- Mas que haja gente que, sem pudor, se apreste a levar à prática esta peregrina ideia, é que me faz espécie. Será do Guaraná?
Uma conclusão:
Olha se esta gente um dia, chegassem ao Governo?

quarta-feira, julho 30, 2008

Jet Leg

Andei por fora. Alguém notou. Obrigado.
Fui ver outras gentes, onde o sol já se recolheu faz tempo.
Donde se perdeu a memória e as esperanças do Império...
Hoje, ainda estou a digerir tanta informação.
Primeiro, estranha-se e, receio, que se entranhe.
Depois mostro as fotos. Fica prometido!
Nepal e India.
Um espanto. Perdão, dois espantos!

segunda-feira, julho 14, 2008

Got it !!!

Agora já percebi porque é que o PCP-Zero não quer que os profs ensinem, não faltem à escola, dêem aulas de substituição e essas malvadezes todas.
É que, sendo analfabetos 30% dos Investidores em bolsa - estatística de hoje na TSF - o PCP-Zero tem a esperança de que eles se enganem e afundem a economia capitalista.
É um plano como outro qualquer!
O Lenine se se tivesse lembrado desta via teria poupado milhares de páginas de análise e de teorização sobre a passagem a um estado superior de luta...
Não valia a pena!
Basta um substancial número de analfabetos muito ricos...
Depois quando tiver tempo fazemos uma lista dos diplomas de uma data de personalidades que vão à TV dar bitates sobre investimentos em bolsa.
As coisas que andamos a perder!
Got it??

Gato por Lebre ou o Conto do Vigário à escala global

Com a notícia de que o Reserva Federal Norte-americana s eprepara para a maior intervenção da História sobre dois bancos privados pra os livrar da falência fica exposta toda a extensão do gigantesco Conto do Vigário á escala mundial a que se dedicram os bancos americanos:
Segundo o D.Económico que cita as fontes dos EEUU:
"Henry Paulson, secretário do Tesouro dos EUA, anunciou este domingo medidas para ajudar a Fannie Mae e a Freddie Mac, duas das maiores concessionárias de crédito à habitação do país, que fixaram mínimos de 17 anos na última sessão de Wall Street, perante a especulação de que o Governo estaria a ponderar nacionalizar estas empresas. Entre os apoios estão a extensão de linhas de crédito e a compra de acções de ambas as instituições"
Se por um lado sabemos mais sobre a dimensão da fraude mundial - pois é disso que se trata! - podemos apreciar quanto de facto vale a tão propalada separação entre o Público e o Privado mesmo na terra da Liberdade e das Oportunidades para todos......e,
?quanto nos vai custar, isso é outra questão que ninguém sabe ainda.
Os autores das guerras deviam ter o mesmo destino dos ladrões de bancos, sabem porquê?
- Porque são os mesmos!

domingo, julho 13, 2008

O TGV vai fazer isto andar

Segundo o Público,
"A empresa alemã Steiff, que inventou os ursinhos de peluche, fez regressar a Portugal parte da produção deslocalizada para a China, num movimento que se começa a verificar noutros sectores da economia, devido ao aumento do preço do petróleo."
Se tivéssemos o TGV a funcionar podíamos tirar vantagem do nosso clima e exportar primores de agricultura biológica que a Europa paga bem...
Podíamos ainda voltar a competir em muitas áreas em que perdemos competitividade: Aquicultura, Medicina especializada à 3ª idade, Recuperação de atletas de alta competição, Agro-turismo e tantos outros.
De forma cómoda, rápida, e com um clima que mais ninguém tem para oferecer!

A SIC e a manipulação das notícias

A SIC acaba de passar em rodapé a seguinte laracha:
60% dos portugueses não vão passar férias no estrangeiro!
É que, de tão alarmista e inventada, nem é verdade, como é óbvio!
Se cá ficasse apenas 40% da população, isto nem funcionava!
Por vezes, os inventores exageram, e o único efeito que obtêm é uma grande gargalhada!
A Sonae está a ficar ao nível do comportamento das suas acções em Bolsa...

O PCP colabora e é pago pela burguesia !

Ao tentar sair do apoio que deu à FARC o PCP-Zero nemdá conta das enormidades políticas que escreve e manda divulgar pelos seus apoiantes. Diz o Avante:

"Sabemos que no Parlamento burguês o partido proletário e internacionalista ficará isolado muitas vezes. Mas esse natural reflexo da luta de classes é ainda um abraço fraterno que transmitimos a todos os que resistem e lutam contra o imperialismo, tantas vezes em condições mais difíceis que as nossas." ( o sublinhado é meu! )

Não satisfeitos com a tritíssima figura que fizeram, ainda confessam ser pagos e viver á custa do Contribuinte com recurso despudorado a um Parlamento a que chamam de burguês, no pior estilo leninista que sabe a ranço e cheira a velório!
Olha estes cavalheiros a governarem este país!

O Jumento ajaezado à cubano

Recoberto do seu melhor fato semanal, ajaezado pró fim de semana o Jumento que vejopassar sempre com tanto gosto, deixou-nos, entre outras pérolas, dedicadas apenas a leitores qualificados, esta pérola do aquidade visual:
"A CRISE TAMBÉM APERTA O CINTO EM CUBA
«Em um discurso na Assembléia Nacional de Cuba, transmitido ao vivo pela TV, o líder cubano disse que reformas importantes, como o aumento nos salários, poderão ter de esperar."Vai depender da situação econômica do país, inevitavelmente ligada à crise mundial, que pode se agravar", disse Castro. "Não seria ético criar falsas expectativas."
O presidente cubano disse também que está prevista uma redução nos subsídios. Segundo o correspondente da BBC em Havana, Michael Voss, o presidente não deu detalhes, mas essa medida pode incluir racionamento de comida, já que em Cuba a compra de alguns alimentos da cesta básica, como arroz, feijão e óleo de cozinha, é subsidiada. » [BBC Brasil]
Parecer:
Porque será que Jerónimo de Sousa não propõe a Raul CAstro as dez medidas que sugeriu para superar a crise em Portugal? Seria muito interessante ver qual seria a resposta do regime cubano."
Acrescento que também disse que vai destribuir as terras incultas a quem as queira trabalhar.
Se, por um lado não posso estar mais de acordo, surpreende-me :
- Que haja terras incultas em Cuba, Cuba!
- Que haja quem queira trabalhar as terras e não o deixassem em Cuba, Cuba.
- Que só agora, em plena crise de abastecimento até de pão, em Cuba, Cuba, o PCC recorra ao perigo da iniciativa privada para matar a fome em Cuba, Cuba!
- O que é que estas questões têm a ver com o bode expiatório do Embargo americano à Ilha?
Mas que merda de coisa esta, que o PCP nos quer vender como o "Amanhã que Canta"?

sábado, julho 12, 2008

Os media e o Consumo

Há mais de um ano que todos os jornais e todas as televisões nos foram informando das maravilhas tecnológicas e dos desmesurados prazeres que o uso do IPhone proporciona aos seus felizes proprietários. Já sei quase tudo o que vem no manual do utilizador, e nunca o li!
Nos últimos dias multiplicaram-se as explicações das tantas funcionalidades que os apresentadores até se baralham.
Qual a razão porque estes artigos beneficiam de publicidade não paga, e um agricultor de quiabos anda de cabeça perdida a tentar que alguém, por misericórdia, lhos leve à consignação?
Qual a razão porque a maior destribuidora destes artigos, completamente usuários, me exigem que os forneça a 60 e 90 dias de artigos substancialmente mais necessários?
E as televisões não param de dar notícias sobre os novos produtos, o que fazem e deixam de fazer, e a absoluta influência qu têm na vida sexual e amorosa de cada um??
O nacional-saloiismo não tem medida!

sexta-feira, julho 11, 2008

A Dívida das Famílias, os Subsídios e o Consumo

Conforme relata o Público, de forma bastante relevante, o lançamento do último gadget da Apple no nosso País foi um êxito.
Apesar do seu custo ser bastante superior ao Ordenado Mínimo Nacional, as vendas já superaram as melhores expectactivas dos distribuidores e estará esgotado dentro de dias, o stock existente, tal como acontece quase permanentemente com outros produtos topo de gama.
Também sabemos que muitos consumidores se endividam nos retalhistas através do crédito imediato ao consumo para obterem estas novidades e poderem exibi-las.
Ora aqui está um exemplo de como a crise é só para alguns e é pena o Governo não poder interferir com este consumismo desenfreado que afecta , e de que maneira, a balança comercial e a Dívida Externa de todos nós!

O TGV também anda para trás - 3

Não querem lá ver que a dama está amnésica?:

"Questionada no célebre debate na TVI moderado por Manuela Moura Guedes, Manuela Ferreira Leite disse desconhecer dossiers como o TGV.
Achei, de facto, estranho, porque tinha ideia de que a então ministra das Finanças havia defendido a construção de cinco linhas de TGV. Veja-se a Resolução do Conselho de Ministros n.º 83/2004 (clicar aqui para fazer download), de 26 de Junho: (documento do site do site do Diário da República www.dre.pt)
“a) Linha Porto-Vigo, como linha de alta velocidade, com uma estação intermédia entre o Porto e a fronteira luso-espanhola de Valença/Tuy, com horizonte temporal de 2009;
b) Linha Lisboa-Madrid, como linha especialmente construída para a alta velocidade, com estação intermédia em Évora e na fronteira luso-espanhola de Elvas-Badajoz. Deve igualmente a sua parametrização permitir a circulação de composições ferroviárias de mercadorias compatíveis com as características do traçado e as exigências de exploração, com horizonte temporal de 2010;
c) Linha Lisboa-Porto, como linha especialmente construída para a alta velocidade, com estações intermédias em Leiria, Coimbra e Aveiro, com horizonte temporal de 2013;
d) Linha Lisboa-Faro-Huelva (via Évora), como linha de alta velocidade, com uma estação intermédia em Beja, com horizonte temporal de 2018 dependente de estudos técnico e de viabilidade económica;
e) Linha Aveiro-Salamanca, como linha de alta velocidade, permitindo a circulação de composições ferroviárias de passageiros e mercadorias, com estação intermédia em Viseu, com horizonte temporal de 2015.”
Quando o governo de Durão Barroso decidiu alcatifar o país com linhas de alta velocidade, Ferreira Leite conhecia o dossier, tanto que o aprovou em conselho de ministros. Agora que o Governo decidiu avançar com duas linhas, a ex-ministra diz desconhecer o dossier. "
(retirado daqui )

quinta-feira, julho 10, 2008

Custo x Benefício - 2

Parecia mesmo que me estiveram a ler!
Palavra que não recebi encomenda, mas estou a pensar se não me andam a espiar com aquelas antenas e dispositivos horríveis...
Então não é que o PSD ficou mudo e quedo quando hoje na Ar, o PS lhes perguntou pela Análise Custo x Benefício" da venda/Titularização das Dívidas ( o nome que este seminaristas metidos a contabilistas dão às coisas a ver se a gente se atrapalha!) realizada por MFL, com o CITIBANK, para compor o Défice de 2003...
O PS tornou públicos os valores até ao momento: Além dos 1,7 mil milhões recebidos contra 17 mil milhões de euros ...de Títulos, o Estado tem vindo a substituir todos os anos cerca de 360 milhões de Euros de novas Dívidas e não se sabe se alguma vez isto irá acabar.
Ainda pensei que desta vez o PS tinha abusado e que seria desmentido e desautorizado na AR.
Nada disso! o PSD meteu o rabinho entre as pernas e ficou calado.
Mas calados ficaram também os restantes membros da distinta Oposição.
Mesmo a esquerda irresponsável, tão especializada em golpes com e sem cocaína, entrou muda e saiu calada, ácerca deste assunto.
Também o que é que são 17 mil milhões?
Era só o TGV e metade do Aeroporto a preços actuais...
Engraçado que também foi dito que o tal Acordo nunca foi tornado Público.
Não seria altura de o Tribunal de Contas fazer uma ou duas perguntas?

A Marca Amarela ou Mais Estado, melhor Estado!


Isto foram três anos em que a oposição, em coro, acusou o PS de aumentar os impostos e de resolver o Défice das Finanças Públicas, à custa de mais Impostos.

Fizeram arruaças, panfletos, discursos e placares em que chamaram Mentiroso a Sócrates por ter aumentado os Impostos...

A Direita sempre considerou que a política de Mais Estado era a marca do PS.

Era a Marca Amarela.

Foram anos de gozo e de descrédito de Sócrates e dos Ministros das Finanças.

Agora, com a chegada de MFL à chefia do PSD, deu-se início ao processo inverso, com a Oposição a pedir mais e mais Impostos ...para Obras Sociais!

Sócrates fez-lhes a vontade: Lançou a taxa Robin Wood e a Oposição deitou janela fora O apetecível argumento contra o PS que ainda lhe restava

Coitados dos conselheiros de estratégia de MFL!

A Sonae/Público de cabeça perdida

Que a Sonae deu ordens aos seus escribas para levar a efeito uma campamha para fragilizar este governo,é por demais evidente
Que essa campanha reveste múltiplos aspectos também já tínhamos visto
Mas que tenham "descoberto" esta senhora doutora para vir dizer estas pérolas é que custa a acreditar:
«(...)[U]m país civilizado tem de garantir uma boa educação básica a todos os seus cidadãos (é isto que realmente significa a igualdade de oportunidades), preservando as universidades para as suas elites intelectuais. Aqueles que argumentam que uma expansão acelerada do Ensino Superior é um instrumento de democratização, ou de crescimento económico, estão a enganar-se a si próprios e, o que é pior, aos outros».
Maria Filomena Mónica, dixit
E disse ainda :
«O que o 25 de Abril fez aos filhos dos pobres foi tirar-lhes a única hipótese de eles poderem ascender socialmente».
Que os desígnios da Sonae são insondáveis, já sabíamos. O que ficamos é a saber que MFM supera em atraso e em reaccionarismo a própria Igreja Católica, que abandonou faz tempo esta filosofia da miséria e dos pobres reconhecidos!
Isto foi a mãe de toda a Legislação Fascista e Colonial. É ir ver a Constituição de 33, O Acto Colonial ou a Legislação sobre o Trabalho Indígena...
Eu pergunto-me o que é que a chamada "esquerda" do PS diz destas afirmações da MFM que integra a SEDES...
Dirão alguma coisa?

O BCP e a SEDES

A prova provada de que "mais grave do que assaltar um banco é fundá-lo" ( Brecht), foi hoje sublinhada pelo facto de o Sr. Governador do Banco de Portugal nos ter vindo dizer, melhor, veio confirmar que há gente da Administração do BCP que provavelemente vai ficar inibida de fundar e de administrar Bancos.
Não sei se a "pena" é extensível à proibição de os continuar a assaltar!
Nem um período de nojo?
Aliás essa proibição deve tirar-lhes o sono, visto que sairam todos com obscenas indemnizações e estão agora, muitos deles dedicados à pintura, às artes, à poesia e, pelos vistos, à SEDES.
Ele há cada uma !

quarta-feira, julho 09, 2008

Para os que têm dúvidas...

Eu, confesso, nem queria acreditar no que me contavam.
Mas infelizmente o PCP-Zero está em plena produção ideológica, em retrospectiva:
http://www.avante.pt/noticia.asp?id=6514&area=19

Não vale a pena insultarem-me que não fui eu que escrevi aquilo!

Custo x Benefício

Podem fazer o favor de me recordar qual foi o Custo x Benefício apresentado para a venda ao CityBank das dívidas incobradas às Finanças , por 10% do seu valor? e com a obrigação de as substituir, ( fantástico, piramidal, extraordinário!)...caso o Banco não conseguisse cobrar algumas delas?
Tudo isto foi feito no tempo de MFL, para tapar o monstro criado no governo de Cavaco e para compor o défice, à pressa!

terça-feira, julho 08, 2008

A concorrência liberal dá nisto: Um Leilão de vaidades

Ainda as propostas liberais e neo-conservadoras de MFL estavam a arrrefecer, já ouvíamos o PP a clamar por cheques a destribuir a velhinhos - mesmo que de tal não precisem - e, o rufar dos tamborzinhos de toda a bem comportada media, nos aconchegava o juízo com as deliciosas 7 Medidas do PCP Zero para dar, dar, dar, dar tudo a todos os que ainda possam fazer uma cruzinha num boletim de voto.
Chegámos portanto ao momento em que toda a oposição já se prantou na linha da partida. Aliás alguns até já fizeram falsas partidas...
É o caso agora da SEDES que, num verdadeiro ataque de ciumeira desenfreada, vem carpir as mágoas de não ver mais medidas do PS .
Os cavalheiros acham,pouco. Querem mais socialismo! Gostam de sofrer?
Não se trata de carpições verdadeiras. O que eles querem é empurrar o PS para as medidas populistas e fazê-lo perder o pé no mar do défice. Querem ter razão retroactivamente!
Mas, apresentar Uma medida, realmente consistente? Tá quieto!
Escrever uma proposta com consistência?
Onde encontrar um texto sério sobre a economia portuguesa?
O estado da Justiça?
O da Educação?
Porque é que não vemos quase ninguém a apoiar as medidas do Governo?
A explicá-las?
São todas erradas e más para os portugueses?
As barragens? São demagógicas?
O TGV? É populismo fácil?
O novo aeroporto não foi suficientemente discutido, avaliado, voltado a avaliar? Populista?
O investimento na Educação? É para os próximos 6 meses?
Formação de professores, destribuição de 360.000 portáteis a alunos e professores é para ganhar votos?
O continuo investimento no SNS? é para ganhar votos?
150 Unidades de saúde Familiares, 150! até ao final do ano, é para ganhar votos?
Nem fazia parte do Programa do PS, pois não?
Fechar maternidades e centros d e "urgências" é popularismo!
Acabar com escolas d e 3 alunos foi populismo barato?
Ou propor o encerramento de Tribunais com meia centena de Processos, e um corpo de Juízes desproporcionado, é demagogia populista?
A organização das contas públicas? Os cortes nas mordomias é para ganhar votos?
Então a SEDES tem razão, o PCP Zero tem razão , MFL tem razão, o PP está prenhe de razões!
E não se preocupem que o PS vai perder as eleições por muitos, e vão vcs todos, mais os raivosos da SEDES, para o Governo. Eu pago para ver!
É uma espécie de luta para ver quem dá mais . Um leilão de vaidades.

segunda-feira, julho 07, 2008

O PCP-Zero continua por caminhos originais

O PCP-Zero que anda agora a seguir as pegadas de MFL, lembrou-se de exigir os tais famosos estudos de custos x benefícios, sobre o Programa Nacional de Barragens:
"PCP pergunta quantos empregos geram as barragens
O PCP quer saber com rigor as contas que o Governo faz sobre os postos de trabalho que resultarão da construção de dez novas barragens até 2015 e se os projectos cumprem as regras impostas pela União Europeia sobre impacto ambiental. As questões foram directamente colocadas ao ministro do Ambiente, Nunes Correia, através de uma pergunta entregue na Assembleia da República e subscrita pelos deputados Honório Novo e Miguel Silva. Lembrando que o Plano Nacional de Barragens (PNB) comporta um investimento de dois mil milhões de euros, os deputados comunistas consideram que importa avaliar "os impactos permanentes na criação de emprego" e não apenas os postos de trabalho que forçosamente serão criados durante a sua construção. Exigem "o fornecimento desagregado das estimativas geradas por cada um dos aproveitamentos [hidroeléctricos], após a respectiva entrada em funcionamento"
-Para além do ridículo de fazerem a destrinça entre trabalho de construção e de exploração ( para especialistas em trabalho,... parecem mais o Sr. de La Palisse) mostram a completa ignorância da finalidade de uma barragem hidroeléctrica.
- De facto O PCP-Zero não percebe que uma barragem produz energia que ou é consumida em Portugal por fábricas, comboios, etc, ou então é exportada ne rede europeia de uq Portugal faz parte. Se for consumida internamente tem que competir em preço com a que podemos importar e s efor exportada entram divisas. A questão dos postos de trabalho directos é completamente doutro capítulo: O do investimento em empresas que vão consumir a tal electricidade. Mas isso é da área dos investidores. Eles têm a deformação mental d epensarem que é o Estado que tem de criar empregos...
Santa Ignorância ou Santo Oportunismo a cavalgar a MFL, salvo seja, claro!
Depois da triste figura que fizeram na AR sobre a condenação das FARC, era de bom tom baixarem um bocado a grimpa!
Já estamos fartos deles!

Curiosidades nacionais


No momento em que, a meias com Cavaco Silva, a promitente candidata a primeiro ministro se esgadanha para marcar o terreno e impedir qq Obra Pública levada a cabo pelo PS, surgem agora, saídos da noite das sombras, os que vêm cantar loas sobre as centrais nucleares.

Como se as centrais nucleares fossem gratuítas, ou baratas,

Como se não estivessem em desmantelamento por esse mundo fora,

Como se uma central nuclear fosse coisa de meia dúzia de milhares de Euros,

Como se a sua localização fosse fácil num território altamente sísmico como o nosso,

Como se a energia aí produzida fosse barata,

Como se não houvesse alternativas mais baratas, mais limpas e sem atirar o lixo nuclear para cima das futuras gerações.

Mas deve ser um magnífico negócio para o capital especulativo e financeiro, se comparado com as barragens ou a energia eólica.

Este problema do petróleo caro vai trazer muitas hienas para junto dos cadáveres em decomposição...

sábado, julho 05, 2008

O TGV também anda para trás - 2

Retirado daqui:

As declarações que o Público reproduz, e atribuídas ao 1º Ministro, só pecam por ser tardias.
Ora vejam lá:
Declarações do primeiro-ministro
Projecto TGV irá estimular economia em até 1,7 por cento do PIB
Por Lusa
O primeiro-ministro afirmou hoje que os mais de dez mil milhões de euros a investir no projecto de ferrovia de alta velocidade, TGV, em Portugal vão estimular a economia em até 1,7 por cento do PIB (Produto Interno Bruto).

É que o problema é a data das declarações e quem as proferiu:


Data: 12.01.2004

Autor: José Manuel Durão Barroso


sexta-feira, julho 04, 2008

Só para estômagos fortes. Ler devagar

Ainda da http://resistir.info/, mas agora com a devida dose de veneno e de ódio a qq coisa que seja vagamente uma democracia.
Tal como por cá, estes famigerados esquerdistas irresponsáveis procuram desautorizar o poder democrático e lançar as mais revoltantes insinuações sobre todos que não sejam lá da sua igreja.
Não se conformam com o resgate de 15 pessoas mantidas prisioneiras em cárcere privado, em plena selva amazónica, alguns há mais d e10 anos, semculpa formada, sem advogado ou esperança.
Por ironia da vida, surgem agora notícias de que a operação de resgate se baseou na compra por muitos milhões de dólares, de alguns dos ditos guerrilheiros...
Os guerrilheiros não se compram. O que se compram são bandoleiros!!
É ver o que dizem:
"COLÔMBIA MAIS DISTANTE DA PAZ Três mercenários estado-unidenses, 11 polícias & militares e um membro da classe dominante colombiana foram recuperados dia 2 pelo governo narco-militarista de Uribe. Daquilo que já se sabe deste episódio verifica-se: 1) Seguindo o diktat bushiano, Uribe continua a rejeitar a solução política do conflito – que deveria ter início com uma troca humanitária de prisioneiros, como propõe as FARC-EP. 2) O governo uribiano-bushiano não hesitou em por em risco a vida dos retidos. 3) Os retidos foram mantidos em boa saúde – poderá o Estado colombiano dizer o mesmo daqueles que mantem nas suas masmorras? 4) Regimes repressivos & fascistas muitas vezes obtêm êxitos em operações de comandos, como mostra a história de Israel e da Alemanha hitleriana – mas isso não leva à paz com justiça social. 5) O alarido mediático dos media corporativos volta-se selectivamente para os membros da classe dominante – mas nunca mencionam os sofrimentos dos oprimidos, como os milhões de camponeses colombianos expoliados das suas terras ou as centenas de guerrilheiros das FARC-EP que padecem nas prisões uribistas. 6) A operação ardilosa do dia 2, infelizmente, pôs a Colômbia mais distante da paz."

Terão tomado as pastilhas?

In resistir.info :

"DESPERDÍCIO DE DINHEIROS PÚBLICOS O parlamento português realiza dia 1 de Julho uma conferência sobre alterações climáticas e segurança energética . Cabe perguntar: 1) porque a Assembleia da República perde tempo e dinheiro com a impostura das alterações climáticas (forma camuflada de mencionar o chamado aquecimento global)? 2) que seriedade científica pode ter um evento que mistura falsos problemas com problemas verdadeiros, como o do abastecimento energético de Portugal? A dissonância cognitiva dos srs. deputados faz com que se preocupem com problemas inventados a fim de não tratarem dos reais — como a preparação do país para enfrentar o mundo pós Pico Petrolífero. As empresas de petróleo agradecem, e continuam a facturar como nunca"


Não tenho palavras para esta dissonância. É demasiado complexa para mim.

Só espero que não seja contagioso. Vou já tomar as minhas.

Menos indesejáveis na fronteira

Estes são os carcereiros de Ingrid, também libertados... e identificados como Gerardo Aguilar Ramírez, aliás 'Cesar' e Alexander Farfán, aliás 'Gafas'. (EFE)
Estes já declinaram o convite para a festa deste ano!
O Serviço de Estrangeiros já os pode riscar da lista de indesejáveis.
Eles agora são desejados noutro sítio, por uns tempos!

Um Estado de Direito pode praticar o terrorismo?

Parece que sim.
Parece até que a comunidade internacional, tão ofendida com actos avulsos praticados em países mais terceiro-mundistas, tem uma complacência cúmplice para com o Estado de Israel.
Nomeadamente quando se aceita que em resposta a actos de terror praticados pelos seus inimigos - e tem muitos - Israel declare que, não só retira a cidadania aos falmiliares dos seus próprios cidadãos envolvidos em actos de terror, como lhes destroi as casa de habitação onde moravam...
Receio que esta importação de práticas nazis seja o caldo de cultura para mais actos de terror e que acabem justificando aqueles que declaram Israel como um real perigo contra a humanidade.
Pergunto-me o que é que as autoridades de Israel esperam que esses familiares e amigos considerem fazer?
Pior, o que é que lhes resta fazer?
Semear ventos...

quinta-feira, julho 03, 2008

Guantânamo e as FARC

Para além de um silêncio ensurdecedor de muita gente que passou sobre a libertação de 15 prisioneiros das FARC que tiveram a "sorte" de terem estado anos a fio, nas piores condições de vida, sem qq apoios médicos, sem culpa formada, sem possibilidade de defesa nem prazo para a sua libertação, quero aqui denunciar todos os outros que na blogosfera portuguesa se apressam a acorrer aos "estragos" e a estancar a hemorragia dos seus afectos pelas FARC. É ver:
http://tempodascerejas.blogspot.com/
http://abrupto.blogspot.com/
http://zerodeconduta.blogs.sapo.pt/
http://resistir.info/
http://abafosedesabafos.blogspot.com/
http://resistir.info/mur/guerrilheiras_farc.html
http://cravodeabril.blogspot.com/

Como é que esta gente consegue condenar a existência de Guantânamo, as suas arbitrariedades e crimes e, ao mesmo tempo, justificam os ataques a civis e o seu aprisonamento, durante décadas, na selva da Colômbia, por bandos armados irresponsáveis de narco-traficantes?

São também estes que, por estranha coincidência, instigam e participam nas arruaças contra o PS e o 1º Ministro!
O Diário Económico publica de João Cardoso Rosas:

"«(...) Se Manuela Ferreira Leite ganhar as eleições legislativas a “insensibilidade” e “desumanidade” dos ministros do actual Governo será substituída por almas especialmente sensíveis, como a própria líder do PSD, Nuno Morais Sarmento, ou José Luís Arnaut.
Na impossibilidade de congelar todas as obras públicas enquanto houver um doente em lista de espera para uma cirurgia, um Governo liderado por Ferreira Leite congelará apenas algumas obras públicas para transferir esse dinheiro para as IPSS da sua preferência.
Assim mostrará uma enorme “sensibilidade social” e um grande “humanismo”.(...)
Claro que poderíamos aceitar esta encenação eleitoralista por parte do PSD como uma espécie de anormal normalidade. Mas não creio que devamos contemporizar com aqueles que fazem descer o discurso político em Portugal a níveis tão baixos.Confesso que tinha, à partida, uma disposição positiva em relação à nova liderança do PSD. Mas começo a ter alguma dificuldade em encontrar diferenças substantivas entre o populismo de Santana Lopes/Menezes e as propostas mais emblemáticas de Ferreira Leite.(...) A exclusão e a desigualdade sociais combatem-se melhorando a distribuição primária dos rendimentos. Ou seja, criando emprego, gerando mais oportunidades para mais pessoas, aumentando o valor dos salários, discriminando positivamente os rendimentos baixos em termos fiscais, fomentando a formação profissional. A exclusão e a desigualdade não se combatem aumentando indefinidamente a redistribuição secundária e muito menos multiplicando fundos de carácter assistencial. Estes servem para acudir à pobreza absoluta – que praticamente não existe em Portugal – mas não para inverter o ciclo da pobreza relativa – aquela que está em causa entre nós. Os responsáveis do PSD sabem tudo isto. Mas dá-lhes jeito deixar de o saber, pelo menos momentaneamente.
Devido a algum estranho curto-circuito mental, os novos dirigentes do PSD recordam-me a imagem do general indonésio Wiranto quando, depois de ter comandado a repressão em Timor-Leste, foi filmado numa sessão de ‘karaoke’.
A canção que entoava era, se bem se recordam, ‘Feelings’.
Os bons sentimentos ficam sempre bem.»
Confirme em http://corporacoes.blogspot.com

Se Isto não é um insulto à democracia em que vivem, é o quê?

Nota do Gabinete de Imprensa do PCP
Em resposta a várias solicitações dos órgãos de comunicação social sobre a posição do PCP a propósito da operação de resgate de Ingrid Bettencourt por parte do exército nacional na Colômbia, o PCP considera o seguinte:
1. O resgate de Ingrid Bettencourt após um período em que esteve prisioneira na selva colombiana, coloca em evidência a gravidade da situação em que se encontram centenas de prisioneiros em ambos os lados do conflito e a necessidade de encontrar uma solução humanitária entre as partes.
2. Os complexos problemas em presença, exigem uma solução política e negociada de um conflito que se arrasta há mais de 40 anos sem solução, situação que é em si, inseparável da política de agravamento da exploração e de terrorismo de estado praticada pelo governo neo-fascista de Uribe, conforme tem vindo a ser denunciado pelas forças progressistas e democráticas da Colômbia.
3. O Povo colombiano poderá continuar a contar com a solidariedade dos comunistas portugueses na sua luta contra a opressão e exploração, pela justiça social, pela democracia e soberania nacional.

Só falta considerarem as áreas controladas pelas FARC, como Zonas Libertadas da Humanidade!
E é esta gente que nos quer ensinar o que é justiça, direitos humanos, democracia e Liberdade!
E é esta gente que se faz eleger e pagar na AR pelo povo português ? Para difundir coisas deste jaês?
Bom, isto tem a vantagem de fazer cair as máscaras. De só votar neles quem estiver mesmo doido.

O TGV também anda para trás!

Além de andar para a frente, o TGV também anda para trás.
Importam-se de fazer esta viagem até 2003 ?:
http://4.bp.blogspot.com/_lI4SzfEMVJM/SG0CufhjAkI/AAAAAAAACQQ/OCdgZfrJcNw/s1600-h/durao_barroso_+no_tgv_em_portugal.JPG

Ou esta outra, ainda mais extraordinária?:
http://images.google.com.br/imgres?imgurl=http://dn.sapo.pt/2008/06/24/886549.jpg&imgrefurl=http://dn.sapo.pt/2008/06/24/economia/governo_ferreira_leite_aprovou_4_lin.html&h=175&w=245&sz=12&hl=pt-PT&start=82&tbnid=7ijhtAtCPZk4VM:&tbnh=79&tbnw=110&prev=/images%3Fq%3Dtgv%26start%3D80%26gbv%3D2%26ndsp%3D20%26hl%3Dpt-PT%26sa%3DN

As FARC sofrem uma esmagadora derrota

O exército colombiano levou a cabo uma impressionante missão de salvamento de 15 reféns das Farc de que resultou a libertação de Ingrid Bettancourt, sã e salva!
Entre os restantes sobreviventes agora libertos, alguns já contavam dez anos de cativeiro na floresta amazónica!
O que irá agora dizer o PCP que tanto temapoiado aquela organização terrorista e narcotraficante?
Ainda os vão convidar para a Festa, como de costume?
Podemos pedir a algum Tribunal que evite a presença em Portugal de tais exemplares da tortura e do terror?
É que seria bom alguém avisar o PC que já vamos quase no fim da primeira década do século XXI.
E que isto não se amite!
-revisto-

quarta-feira, julho 02, 2008

Manuela Ferreira Leite - Nocturnos

Coincidências, vejam lá o que diz o Absorto:
""O miúdo começou a chorar e a pedir ao Senhor para ajudar a madrinha, que estava em sofrimento e que sentiu um grande calor por ela abaixo. Mas só ao chegar a casa se apercebeu de que conseguia andar".
MFL também precisa de um grande calor que a percorra por ela abaixo para ganhar eleições. Pois se “não há dinheiro para nada”, tanto melhor para ela que sejam os mesmos a continuar no governo"
( ler o resto)

O famigerado homem das Neves, de saias

Ansiando - que nada tem a ver com ansiã - chegar um dia ao tecto do poder, a Srª. Drª. Contabilista prefere a função reprodutiva do casamento, em desfavor da função recreativa.
De facto não carecemos da segunda. Mesmo celibatários, basta-nos ouvi-la!

Era só o que faltava, o pessoal a divertir-se em vez de reproduzir-se!

Como estas coisas andam todas ligadas, grande tem sido a preocupação do homem das Neves sobre estes assuntos que tanto o atormentam: Sexo e Religião...
Ficámos ainda por saber - também não lhe foi perguntado, carago! - qual o seu entendimento sobre os últimos milagres lá para os lados de Fiães, Ponte de Lima.
....É que aplicando aos factos sobrenaturais, os grandes princípios que anunciou, para além de uma milagrada e um milagreiro, neste caso o médico, poderemos ter, se se reproduzirem, mil-agrados !

Esta língua portuguesa!

terça-feira, julho 01, 2008

A verdadeira história do Louçã vermelhinho!


Ía o Louçã pela floresta, quando lhe apareceu o Pinho que lhe perguntou:

- Onde vais Vermelhinho?

- Vou a casa da Avózinha que hoje tem uma coisa importante lá em casa e eu vou levar-lhes esta pasta dentífrica que está a precisar.

-Muito bem, meu Vermelhinho, vai, vai!

E, chegado a casa da avózinha, o Vermelhinho reparou no nariz da doce velhinha:

- Diz-me lá Avózinha para que são essas sardas todas que tens na cara?

- São para afastar o mau olhado.

- E porque é que estás tão pequenina hoje?

- Não é nada Vermelhinho, foi a roupa que encolheu.

- E Avózinha, para que são esses dentes tão brancos?

- É que o Louçã tem a mania de me trazer pasta dentífrica!

Depois o Pinho comeu o Louçã e a história acabou. Pimba!


A reinvenção da electricidade


Quem tem capacidade tecnológica e ideias até pode reinventar a electricidade:


É com estes reinventores que o Governo está a tentar uma parceria para a produção de qq coisa em Portugal. Para ficarmos com um pedaço da cadeia de produção. Que, da distribuição, essa já está formatada à partida.

O negócio será qq coisa deste género:

O consumidor/utilizador compra um carro que, à semelhança dos velhos automóveis a gasolina, "gasta" electricidade fornecida por baterias.

Ora estas baterias, se forem apenas "carregáveis" em determinados "Postos de Abastecimento", criam um outro negócio. O da "electridade móvel". E aí é que está a visão do negócio futuro: Vender Electricidade Móvel, naturalmente a um preço muito superior à que nos chega a casa já a preços especulativos, como sentimos todos os dois meses...

Um verdadeiro ovo de Colombo, agora posto por um consórcio Franco-Japonês.

Dada a nossa dimensão de mercado e limitadíssima capacidade para influenciar decisões tecnológicas, temos duas opções:


Ficarmos orgulhosamente sós,

Ou juntarmo-nos a eles.


Parece ser esta última, a decisão do Governo!

Cavaco aposta forte na fortuna

Cavaco Silva, Presidente da República de momento, esteve ontem ( parece um texto doutros tempos, mas não é. É fresquinho!), no Casino Estoril, onde foi recebido pelo magnata chinês Stanley Ho, tendo inaugurado uma exposição sobre os 50 anos do Casino.
Verdade!
Vocês é que são uns descrentes do tremendo sentido da oportunidade que corre naquelas veias!
O povo reconhecido agradece,

Ele bem foi pedir ao Papa,

Cavaco Silva vai ser recordado por muita coisa boa e santa.
- A sua capacidade para a indignação levou-o aqui há uns meses a pedir, perdão , a exigir, que o Governo tomasse as medidas urgentes e indispensáveis para que uma funcionária duma Junta de Freguesia lá para o Norte, tivesse uma decisão da Junta Médica consentânea com o seu deplorável estado de saúde. Que aliás, os malandros dos médicos, não aceitavam ser assim tão dramático.
- Há apenas dois dias, em audiência com Sua Santidade, sempre lhe foi dizendo que o que Portugal queria era mais santos. Compreende-se!
- Este pedido coincide com este milagre o que, me parece uma coincidência verdadeiramente milagrosa!
- Pena ele não ter pedido, em vez de mais santos, mais empregos!

O PCP, Zero!

Surpresa!
Ainda conseguem surpreender-nos pela negativa. A um nível ainda inferior. Mais reduzido.
A que passarei a chamar por comodidade o PCP, Zero!, tal como aquele outro produto...
A ser verdade, o PC bate o BE por larga margem quanto à liberalização de drogas.
É a gota de água: convidar narcotraficantes, assassinos e sequestradores, ainda que de "inspiração marxista" ?!!! (Seja lá o que isso for.)
Espero que a polícia actue de acordo com o tipo de organização definida pela UE.

O Presidente Polaco ao seu nível

El presidente de Polonia, Lech Kaczynski, dice que no firmará el Tratado de Lisboa
20MINUTOS.ES / AGENCIAS. 01.07.2008 - 03:35h
Kaczynski considera que ahora "no tiene ningún sentido" después de la negativa de los electores irlandeses a ratificarlo.
Su rechazo supone un nuevo golpe para el mandatario francés, Nicolas Sarkozy, que hoy comienza su turno en la presidencia de la UE.


Esta era a notícia que não era precisa. O braço comprido da direita norte-americana a aumentar a pressão sobre a UE, para a imobilizar.
Os neo-conservadores americanos, mais a direita católica, mais a esquerda irresponsável de mãos dadas...
Espero que isto tudo não sejam prenúncios de mais guerra...por mais petróleo no Médio Oriente!