sexta-feira, setembro 17, 2010

Uff! Estou muito mais tranquilo!

O Papa foi ontem a Inglaterra, diante dos que sobreviveram à barbárie nazi, explicar que afinal isso do holocausto, dos crimes do nazismo e assim, foi tudo culpa dos ateus e das filosofias que afastam o homem de deus, e coisa, e tal.
Tão a ver? Eu por mim, já estou convencido! Quando me explicam, até percebo.

(Ratzinger quando jovem)
E os que andam por esse mundo, a espalhar notícias alarmantes sobre colaboração em crimes passados e noutros mais recentes, que se cuidem!
Fiquem sabendo que a ICAR nunca serviu outros interesses, nem cometeu ela própria os feitos da associação criminosa, de ocultação de cadáveres ou da recusa de assistência a pessoas em eminente risco de puro e simples desaparecimento, para não falar da continuada paixão por criancinhas...
Tudo em nome, claro, das almas dos crentes, dos soldados que iam fazer a guerra e das vítimas. Que isto de guerras sem vítimas, é claro que nunca houve! É a vida!
E para sua motivação, a cada um deles, era oferecida uma medalha, um incentivo, para a excelência do desempenho das mais diversas tarefas,...tudo a favor da salvação das suas almas. Amen.




2 comentários:

RAA disse...

É mesmo o cabrão?! Se não é, parece.

MFerrer disse...

Escrito e escarrado!