segunda-feira, outubro 20, 2008

Para que serve um blog?

Um blog serve para dar opiniões, contradizê-las, serve para nos livrarmos de fantasmas, para deixarmos os outros ver com os nossos olhos e ouvir com os nossos ouvidos.
Em última análise serve para interagir com qualquer pessoa, em qualquer lugar.
Especialmente para darmos opiniões e para lermos as dos outros.
A pedido de meia dúzia de leitores tive que retirar, mandar para o lixo o que era de facto isso mesmo.
Estava a cheirar aos seus autores. Era pestilento.
Há muito por aí quem se reveja na lama do que escreve. Neste blog dexou de ser possível deixar lixo no lugar dos comentários.
Este blog passou a mandar reciclar os dejectos à medida que forem sendo colocados à nossa porta.
Isto a propósito de posts sobre os professores e as suas corporações.
Como andam de cabeça perdida disparam impropérios e obscenidades contra tudo e contra todos.
Aquilo que escrevem fala mais deles próprios do que muitos tratados de psicologia clínica.
Ora este blog não é montra de miséria intelectual nem sanatório!

6 comentários:

tg disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
tg disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Costa disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Costa disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Caro MFerrer, é lamentável a a nojeira dos que por aqui comentam. Que tristeza.... faça-nos um favor! Passa-lhes uma enorme borracha daquelas que têm spray para eliminar o mau cheiro que destilam!
Haja paciência!

Porque razão não vão passear para outras bandas? Hein?

India.

MFerrer disse...

É esta escória que temos e ainda querem trabalhar menos nas escolas. Querem dar menos aulas.
?Querem ser parte negocial com o ME?
O que escrevem diz muito sobre eles mesmos.
A partir de agora terão que se identificar e usarei dos meios necessários para a higienização deste blog.
De qq forma obrigado pela compreensão e desculpe a qualidade do que aqui uns energúmenos resolveram escrever.
MFerrer