terça-feira, junho 01, 2010

O raio que os parta? Um dia, não sei! Os inocentes israelitas vão pagar pelos criminosos!

Os falsos amigos dos israelitas

O RAIO QUE OS PARTA

Hoje é dia para aqueles que vêem em todos os gestos de Israel um contributo para o bem estar da humanidade exultarem. Pois não é que aqueles beneméritos, não fosse o diabo tecê-las, atiraram "preventivamente" sobre uns barcos fretados que iam levar material de guerra para Gaza, tal como cadeiras de rodas e comida, com o pretexto de se tratar de Untermensch pró-palestiano? A obsessão sionista de um Lebensraum justifica tudo a começar por um juízo unilateral do princípio da proporcionalidade, um acesso tipica e reiteradamente fascista. Livrai-nos, pois, de todos os que têm medo até do próprio medo e que julgam que só assim são "corajosos", "patriotas" e se livram de traumas congénitos. Não sou pacifista nem ingénuo, mas a "causa" israelita, assente na desconfiança universal e na exigência de uma global curvatura perante suas excelências, causa-me mais náusea do que qualquer outra coisa. O raio que os parta.

1 comentário:

picanochao disse...

ISRAEL, É UM ESTADO TERRORISTA, QUE OPERA EM QUALQUER PAÍS DO MUNDO OCIDENTAL, E SAI IMPUNE. COMPARADO COM ELES, BIN LADEN, MULAH OMAR, ETC, SÃO SANTOS.