quarta-feira, junho 23, 2010

Taliban, Ltd

Depois de terem destruido o Iraque a troco de milhares de mortos e feridos, depois de terem aí gasto o suficiente para comprar a actual crise mundial, sem que tenham encontrado uma única das tais armas de destruição massiva...
Após o haverem transformado num covil de bandidos acampados num imenso cemitério, os EUA retiram-se abandonando "colaboradores" e um aranzel de despojos dos seus quarteis, agora sem mais utilidade.
Nos mercados de rua do Iraque vendem-se munições, tendas, sistemas de frio e de ar condicionado, ou rações de combate ...
Entretanto no Afeganistão para onde arrastaram a NATO e onde reforçaram, há poucos meses, o seu contingente militar, os escândalos sucedem-se em catadupa.
À insurreição dos talibans junta-se a dos comandos militares que publicamente atacam as decisões da Administração americana e até da presidência....: O general McChrystal encabeça essa revolta e pretende impôr a sua perspectiva (?) de guerra suja e sem fim à vista.
Defende ele uma COIN ( counter-insurgency) que consistiria na destruição de qualquer resquício de estado Afegão e a sua substituição por um Estado Novo (!), construído pelas forças militares e "associados" dos americanos...
A teoria não é nova e nada acrescenta a outras tentativas de ocupação, todas destinadas à derrota, na Coreia, no Vietnam do Sul, no Laos ou na Libéria...
Mas, infelizmente não é tudo. Agora descobre-se o último dos escândalos:
São os próprios EUA que financiam os talibans a troco da compra da segurança dos transportes militares...
Onde estão agora os que suportaram a teoria da guerra contínua do J. Bush?
Que é feito dos defensores das aventuras militares no Iraque e no Afeganistão?
Os Vascos Graça Moura, os Pulidos Valentes, os Pachecos Pereiras, os Durões, onde estão para prestarem contas?

3 comentários:

Rogério Pereira disse...

"Os Vascos Graça Moura, os Pulidos Valentes, os Pachecos Pereiras, os Durões, onde estão para prestarem contas?"

Não seria conveniente desdobrar a pergunta? Assim:

Onde estão eles? Resposta: Lá nos sitios do costume, dizendo outras coisas com a mesma cara...
Prestarão contas? Resposta: mas por quem é que foram debitados?

MFerrer disse...

Tens razão , caro Rogério,
aquilo é tudo a crédito.
O débito somos nós que o aviamos!
Abraço

picanochao disse...

CARO MFERRER, NO AFEGANISTÃO, É UM PROBLEMA DA NATUREZA, DIGO EU... GÁS NATURAL, QUE TEM QUE PASSAR POR LÁ, AQUELA PLANTA, QUE É POSSE DO PRÓPRIO BELZEBU, E A PEDRA PRECIOSA QUE EQUIPA TODOS OS TELEMÓVEIS DO MUNDO, E QUE PARECE QUE SÓ EXISTE LÁ E EM ANGOLA. O RESTO, SÃO LÉRIAS...