domingo, maio 04, 2008

O PSD nas Lonas

Retirado, com a devida vénia daqui, espanto-me que a chamada media não investigue a fundo a dimensão e a origem destes desmandos financeiros:
O PSD não tem condições para liquidar a pronto a coima de 268.415 Euros que lhe foi aplicada pelo Tribunal Constitucional no âmbito do financiamento ilegal efectuado pela Somague. Os cofres estão vazios e os bancos não emprestam. Assim, vai efectuar a sua liquidação em quatro prestações, sem juros, até 2010. OK. Mas qual é, afinal, a situação das finanças do PSD? Segundo Miguel Macedo, antigo secretário-geral do PSD e responsável pelas contas do partido entre 2005 e Outubro de 2007, ouvido pelo Público, o empréstimo de 8 milhões de Euros para as autárquicas de 2005 foi liquidado na totalidade. Recuando no tempo, Macedo recorda que o passivo do PSD, quando Marques Mendes chegou à liderança, era de 13 milhões de Euros, dos quais 4 respeitantes a dívidas do PSD-Madeira. Não sei o que se passa nos outros partidos, mas o desnorte da Buenos Aires devia fazer corar de vergonha os seus economistas e dirigentes, de cada vez que invectivam as finanças do país. Porque quem governa assim a sua casa...

E que dizer então do tratamento de favor dado a este "contribuinte" faltoso?
A dívida não provém de um qualquer negócio legal. Não. Provém de uma ilegalidade que em muitos países dava cadeia ! Da próxima vez que nos mandarem notificações para cobrarem impostos sobre rendimentos legítimos o que deveremos dizer ? Qual o prazo para pagarmos? sem juros, está bem de ver !

2 comentários:

Vidas disse...

Este post é forte e directo. Tem razão... daria prisão nos países civilizados.
Voltarei. E obrigado pelo comentário.
Rui Perdigão (Vida)
http://vida-das-coisas.blogspot.com

MF disse...

Obrigado Rui Perdigão.
Gostei do seu Da Literatura. Aprecio quem tem ideias próprias e escreve claramente.
Voltarei e darei eco disso.
MFerrer