quinta-feira, setembro 08, 2005

Ontem a Finlândia, hoje a Noruega.

Ainda ontem era a Finlândia com os seus telemóveis e crescimento económico que fazia inveja.
Já hoje descobriram ainda melhor, a Noruega!
A do petróleo a dar com um pau!
Do gás natural que é um horror!
Da hulha branca e da hulha negra.
Da pesca fácil e do melhor que há!
O melhor dos camarões!
O melhor bacalhau! O salmão, senhores, o salmão!
Tem sido uma procissão de pensadores e de comentadores de pensadores que impressiona.
Que doi.
Deixei há pouco no Afixe o seguinte comentário que copio aqui visto que, quem lê Afixe já não precisa de ler mais nada!

As estatísticas são o que são. A Noruega tem os melhores índices de todo o mundo. Sem discussão.É hoje o Koweit na Europa.Mas o que é que fizeram para terem ou para merecerem ter todas as mais importantes riquezas naturais, de que o mundo precisa, e está pronto a pagar acima, muito acima, do seu custo de produção?
Tiveram Inquisição durante 500 anos?Quantas terras colonizaram?
Tiveram uma descolonização?
Quantos emigrantes têm espalhados pelo mundo?
Quantos imigrantes acolheram, sem habilitações literárias ou profissionais?
Há muito que dispôem de inesgotável energia hídrica.Têm tido uma sorte quase inexplicável visto que -eu conheço a Noruega e os norueguese - não são super homens nem super dotados. São gente grande e normal. Uns mais bêbados que outros, mas normal.E agora, com tanto dinheiro que pensam não acabar, e que não querem partilhar com mais ninguém. É uma forma de normalidade, essa, de se sentirem ricos e cheios de si!As comparações com Portugal são absurdas e comprovam à saciedade que provêm sempre dos que não gostam nem deste País nem dos portugueses e pouco ou nada fazem, ao seu redor, para melhorar esta terra.Empenham-se no seu local de trabalho, ou fazem o mínimo?
Envolvem-se na assistência à família, aos excluídos e, ou conhecem Portugal?
Já foram aos Açores ver o Portugal dos séculos passados? Ainda está em palco. A não perder!Antes de haver Carlos Lopes e Rosa Mota, antes do Fernando Pessoa e do Manoel de Oliveira, do Sisa e do Nobel da Literatura o que é que fizeram para melhorar este País e para gostarem um pouco dele?A autoflagelação tem limites.Dizer mal de tudo é fácil e não paga imposto.E, principalmente, desresponsabiliza subliminarmente de qualquer culpa.É uma ladainha. A Espanha é melhor, a Europa é melhor. Os USA eram melhores antes do Katrina, agora não sei! Até para alguns, a URSS era melhor!Tenham paciência e façam alguma coisa pelo País!Obriguem os filhos a ter disciplina, a respeitarem os professores, a estudar. A ter boas notas! Paguem os vossos impostos e peçam recibo. Não metam atestados falsos de doenças falsas. Combatam a burocracia e escrevam nos livros de reclamações.Não garanto que o petróleo jorre, mas sempre ajuda um bocado!Obrigado. Tak!

3 comentários:

Anónimo disse...

O petróleo está dentro das nossas cabeças. (Samora Machel, cito de memória)

MF disse...

É preciso ler Samora Machel e agora nos Blogs, publicá-lo
Vai esclarecer muita gente e vai ser um quebra-cabeças para outros.
Vai vai!
Obrigado pela lembrança.

Anónimo disse...

Tenho aqui à mão o livro Datas e Documentos da História da Frelimo, edição de 1975; se precisar, disponha. Dá-me o seu endereço.