quinta-feira, novembro 17, 2005

Hollywood a nossos pés!


Instado pelo Steven Soderbergh, que já não faz nada sem me questionar, concordei com a a realização de "Che, o gigante ", embora admita ainda a discussão sobre o título da obra acabada que, depois de visionada, terá ou não, a minha benção.
Steven Soderbergh, pede ainda desculpa por não se sentir em condições, "regretablement", por não ter dado prioridade a outros filmes que adoraria já ter feito:
- Cavaco Silva, o não-político
- Marques Mendes, o aviador ( Ota, estão a ver?)
- Pacheco Pereira, o apachecador
- Os professores, esses reformados
- Juizes, os anti-reformas

Esperemos que leve a bom porto(?) estas promessas de trabalho e que, o pessoal aí, continue a amar Che Guevara como O Homem Novo!
Eu vou estar, à frente, na fila de espera.

2 comentários:

smartins disse...

Caro MF,
Sobre o Comandante Che há uma curiosidade de xadrez. ;)

Não se esqueceu do resto do concurso pois não? é que está a acabar.

MF disse...

Estimado,
Não me esqueci e bem gostava.
Outros valores mais altos...
Mas ainda vou fazer um esforço nesse sentido.
Obrigado pela visita e pela amabilidade.