terça-feira, junho 10, 2008

Ironias da luta de classes, in O Jumento

Subscrevo e aplaudo a mãos ambas! :



"IRONIAS DA LUTA DE CLASSES
Não deixa de ser irónico que ao fim de mais de dois anos com o PCP a tentar promover conflitos sociais sejam os pescadores e os camionistas que, fugindo ao controlo do "partido do proletariado" tenham protagonizado os conflitos mais graves vividos nos últimos anos, senão mesmo na última década. Ainda por cima, em vez de os trabalhadores serem liderados pela "vanguarda do proletariado" são conduzidos pelos patrões, com os quais são solidários e cujos lucros defendem como condição para a sua sobrevivência.
Não sei como é que o PCP vai classificar esta situação, depois de quebrar o seu silêncio envergonhado, muito provavelmente vai concluir que estas lutas só confirma o leninismo, que são os operários e não os camionistas ou os pescadores os líderes do proletariado. Depois de terem engolido o facto de o único país comunista que não dá sinais de queda ter resultado de uma revolução conduzida por camponeses e de assistirem ao seu progresso graças a uma nova forma de capitalismo, o PCP vai ter que engolir em seco com esta derrota ideológica na sua própria terra. Enfim, as revoluções já não são o que eram.


http://www.jumento.blogspot.com/


e acrescento: Já não vêm com instruções para usar, nem com garantia de satisfação do cliente...

2 comentários:

Vieira Calado disse...

Ironia da luta de classes onde ninguém (do povo) ainda percebeu bem qual é o inimigo.
País irónico, feito de uma quantidade de coisas que dão vontade rir!
Pode ser que amanhã Portugal perca com os Cheques, a ver se, finalmente, se detêm um pouco, para pensar.

MFerrer disse...

Pois, mas é preciso denunciar este golpe contra a democracia, em curso:
Para além de tudo o resto o País está refém de uns grupelhos de camionistas e de proprietários de camions.
As principais cidades já estão em estado de sítio, os combustíveis já estão a faltar até nos Aeroportos, amanhã os produtores de leite vão ter de o deitar fora.
Os partidos da oposição estão de tocaia, à espera que o PS ceda a uma de duas hipóteses:
Ou entrega os pontos aos grevistas e rebenta o OGE, ou reprime os grevistas com a polícia e rebenta por si próprio!
Digamos que o País também está refém desta oposição com comportamento de hienas
MFerrer
http://homem-ao-mar.blogspot.com