domingo, junho 22, 2008

A Taxa Zé do Telhado


Segundo a Lusa:

O presidente da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), Chakib Khelil, afirmou hoje que há actualmente petróleo suficiente no mercado e que qualquer aumento de produção é inútil .
"A nossa posição é que, nesta fase, temos de estudar o mercado, mas vamos reunir-nos em Setembro para tomar uma decisão" sobre um eventual aumento da produção de petróleo, afirmou o presidente da OPEP, numa alusão à próxima reunião da organização, prevista para Setembro.
"Se o mercado estiver equilibrado em Setembro, porquê aumentar a produção"?
Em Portugal, que não produz um pingo dessa coisa, exige-se ao Governo que estude formas para continuarmos a consumir à vontade. A consumir, a afundar a economia e a comprometer o Futuro.

Caso Sócrates vá nessa, só prevejo maior precaridade da nossa economia.
Está na hora de o Governo nos apresentar, não uma taxa Zé do Telhado, inútil, cara e populista, mas um plano firme para a redução dos consumos de petróleo, por fases, por sectores e com um Ministério da Energia com poderes bastantes.
Fazer isto, ou aceitar as medidas propostas por MFL de reduzir o IVA nas zonas fronteirças, só pode ser piada!
O que é uma zona fronteiriça? São quantos kms para o interior? Mas um Imposto nacional pode ser aplicável às fatias?
Vêm aí tempos gloriosos para a nacional-idiotice!

2 comentários:

CARLOS disse...

Podíamos começar por exigir que a totalidade da frota de automóveis ligeiros estatal fosse vendida, o Estado desse o exemplo, e adoptasse o transporte público!

MFerrer disse...

Vc é giro!
os ministros que têm que se deslocar com alguma diligência, a irem de transportes públicos, e as tias a irem de motorista cortar as unhas aos caniches...
Veja lá se lhe sai uma ideia que não seja um aborto Uma!
E isso é em que País ? Nem na Suécia!
Esse tipo de opiniões contribuem para quê?