quinta-feira, junho 19, 2008

Também tu, Bernardino?!

Verdade.Bernardino Soares veio recolocar-nos na realidade de que andávamos arredados.
Ele tem propostas sobre como resolver os nossos problemas económicos.
Sete, para ser mais exacto.
Não sei se sete é o seu número da sorte. Para nós, tenho a certeza, seria um grande azar se, alguma vez, uma só estivesse em vigor.
É que as sete resumem-se numa só!
Aumentar a despesa pública e o consumo privado!
Ou por outras palavras: Enriquecer mais depressa os capitalistas nacionais e estrangeiros!
Como, ao actual nível do nosso consumo, não corresponde mais de 34% de produção nacional; como ainda temos um défice do OGE acima de 2%; como o individamento das famílias é já superior a 85 % das suas capacidades; como a dívida externa nunca parou de crescer no pós 25A; como o Serviço da Dívida consome cada vez mais impostos dos contribuintes, o aumento do consumo dos portugueses terminaria na banca rota e na argentização da economia e com a intervenção do FMI e do BCE em Portugal.
Pergunto se não haverá no PCP um economista para dar uns briefings a este deputado da Nação?

2 comentários:

O Raio disse...

Acho piada a estes números todos...
Só é estranho que só se pensem em números num sentido, no outro nunca!

Exemplos:

-Quando se lançou a Lei do Tabaco alguém calculou quanto é que esta Lei iría custar?
-Quando se mantém UM ISP a níveis muito superiores aos da vizinha Espanha alguém calculou quanto é que isto custa à Nação?
-Quando se aderiu ao Euro alguém calculou quanto é que esta adesão nos iría custar?
etc., etc.

MFerrer disse...

Ou do outro lado da balança:
Quanto é que s epouparia com menos cancros,
Quanto se poupa por a gasolina estar cara'
Quais as vantagens do Euro forte. Olhe que com o escudo que tínhamos agora com o preço das ramas estríamos como o Burquina Fasso!..
etc, etc.
Sem a Europa, desde o séc. XIV, que isto ou é inviável ou temos que partir à descoberta e conquista!