segunda-feira, dezembro 29, 2008

Com amigos destes...

os professores não precisam de inimigos...

De cabeça perdida, em total desalinho de ideias ou de razoáveis recursos, os que mantêm a agitação entre a classe docente e que visam, em última análise, o descrédito de toda a Escola Pública, estes que se dizem representantes dos professores, deitam mão de tudo quanto encontram. Do pior lixo e dos mais ridículos textos que deviam envergonhar qualquer professor de português escorreito.
Felizmente o ridículo não mata.


2 comentários:

Núncio disse...

Digo-lhe o seguinte:
todos aqueles, incluindo a equipa ministerial, que aplaudem o estado da arte educativa em Portugal deveriam ter a oportunidade, durante um ano lectivo, de sentir os efeitos, numa sala de aula de uma escola a 300 km de casa, desse estado.

Sopro leve disse...

Muito vago... temos que ser objectivos e para isso é necessário conhecer a realidade.